quarta-feira, 31 de agosto de 2016

Vamos falar na crise sem nome

Abigail Pereira Aranha

Pessoal, nós temos falado e ouvido falar de crise de 2014 pra cá. Certo, nós temos visto desemprego, empresas fechando, empresas vendendo menos, pessoas comprando menos e devendo mais (nós, inclusive). Mas eu queria que vocês observassem uma coisa: quem sabe dizer o que é a tal "a crise"? Tivemos uma crise imobiliária nos Estados Unidos em 2007, 2008. Nós sabemos como ela aconteceu ou podemos pesquisar e achar alguém que descreveu a encrenca. A mesma coisa sobre a crise de 1929. Mas e essa? Quando muito, um ou outro analista liberal, como o Instituto Liberal, deu alguma explicação. Eu já mencionei uma campanha de uma empresa de outdoor que diz "não fale em crise, trabalhe". Qual foi a crise em que alguém disse "cale a boca"?

Vamos tentar restringir "a crise" ao governo PT. Como Lula conseguiu ser reeleito com a terceira maior votação da história da humanidade no ano seguinte à divulgação do Mensalão no Jornal Nacional? Não só isso: como ele conseguiu eleger uma sucessora? De 2003 pra cá, tivemos algumas grandes empresas falindo. Mas algumas empresas cresceram muito, como a rede Record. Tivemos um bilionário surgindo quase do nada, o Eike Batista. E por que nós temos músicos, atores e diretores consolidados dependendo de dinheiro do Ministério da Cultura? Por que nós temos grandes construtoras dependendo de pagar propinas? Por que as editoras têm queda de receita considerável só porque o governo nas três esferas solicita menos dos serviços deles?

Lula disse na mesma entrevista ao Brasil 247 que "o salário mínimo aumentou quase 74% e a inflação esteve controlada" e "as empresas e os bancos também nunca ganharam tanto", "nem as emissoras de televisão, que estavam quase todas quebradas; os jornais, quase todos quebrados quando assumi o governo". ("Lula diz que mídia nunca lucrou como na era Lula", Brasil 247, 05 de maio de 2013). Como? E o que o povão ganhou do mesmo governo? Empréstimo para aposentado, celular de menos de R$ 300,00, bolsa em universidade privada, cota na universidade pública.

Se vocês pegarem uma literatura de um partido de esquerda tipo PSTU ou PCO, ou mesmo do PCdoB antes de ser governo junto com o PT, vocês vão ver alguma proposta de colocar as empresas sob controle do povo. E este controle do povo é, na verdade, o controle deles mesmos. Isso explica tudo! O PT estatizou a economia junto com a vida social. Mas não era uma ideia de Lula ou Dilma Rousseff, é uma ideia socialista. E Karl Marx ou Paulo Freire nunca disseram que primeiro um partido socialista tem que chegar ao poder político formal e confiscar as propriedades privadas oficialmente para que o Socialismo avançasse. Mas mesmo a direita não entendeu isso, e digo "direita" no mundo. No caso do Brasil, a direita ainda defende o Liberalismo ou o Ultraliberalismo, chamado erradamente de Anarcocapitalismo, só para criticar o PT.

Ah, e tivemos também o Petrolão, que foi um esquema de empresas privadas com o PT. Tivemos empreiteiras como a Odebrecht financiando o PT em troca de favorecimento em licitações da Petrobrás, mas tivemos também o PT, já no governo, adoçando a boca de jornais, revistas e canais de televisão com verba de publicidade estatal. Mas o pior não é que a "grande mídia" se vende, é que ela precisa disso para sobreviver. Não é coincidência o colapso da economia acontecer depois do colapso do PT. É porque o PT atrelou o país. E nós ainda tivemos foi muita sorte.

Esta crise é especial porque é um pacto da imoralidade com a estupidez envolvido num pacto de silêncio, do país praticamente inteiro. Quem votou no PT pensando no FIES, ou no concurso público, ou no salário já no serviço público; quem nunca se incomodou com preferências para mulheres e negros nas empresas privadas, no lugar do mérito próprio; quem nunca se incomodou com cotas nas universidades públicas tirando candidatos legitimamente classificados; quem nunca se incomodou com colunistas medíocres na imprensa subornada via Petrolão; quem conquistou uma coluna de jornal ou um cargo de chefia muito acima do que merece; todos esses são parte do problema.

E a crise também é de inteligência. Nunca tivemos protestos de rua porque o Brasil tinha uma legião de analfabetos funcionais dentro das universidades e um dos piores desempenhos do mundo na educação básica, por exemplo. Mas a crise de inteligência também veio de uma apologia à mediocridade.

Dilma Rousseff está indo pro ralo hoje, mas não é por causa de corrupção, nem mesmo por causa das "pedaladas fiscais". É porque as próprias pedaladas foram uma lambança para esconder outras. Dilma é só um símbolo visível de muita bobagem que o país inteiro tentou não ver até que viu.

Os textos deste blogue também estão, alguns com fotos, vídeos e desenhos de putaria, em http://avezdoshomens.blogspot.com.br/search/label/jornal-dos-homens-que-prestam

sábado, 30 de julho de 2016

Leões no quarto do Daniel

Abigail Pereira Aranha

Se os direitistas já comemoraram o afastamento da Rainha Louca como parte do processo de impeachment como se fosse o próprio impeachment concluído, isso mostra que os próprios adversários do movimento esquerdista não apenas nem têm a própria compreensão de que o problema é cultural, eles também se contentam com cada vez menos para solucionar um problema que só cresce. Pra começo de conversa, nós não desacreditamos o PT, muito menos o esquerdismo. A corrupção da política, a má administração financeira, a ineficiência no serviço público, as leis infelizes, tudo isso ficou em evidência quando a economia foi mal por um encontro de erros aqui dentro com mudanças lá fora. Se não fosse uma retração de 4% no PIB, a volta da inflação e um aumento do desemprego até no serviço público, o povo não estaria falando de impeachment no ano passado. Agora vamos supor que a Rainha Louca tivesse mesmo sofrido impeachment em maio. Não há um candidato direitista viável para a Presidência da República em 2018. Jair Bolsonaro não ganha, isso se ele puder mesmo concorrer. Os verdadeiros partidos de direita estão tentando aprovação no TSE até hoje. A enquete no Senado sobre um projeto de lei que institui o programa Escola Sem Partido teve maioria de votos contrários (foi tramoia da MAV, mas eles ganharam). Isso só na política. No resto, a direita não existe. Não existe um movimento estudantil de direita visível. Não existe um jornal de direita como o Brasil de Fato. Não existe uma igreja que defenda as ideias de direita como algumas igrejas ditas evangélicas defendem o homossexualismo. Nós não conseguimos nada contra o PT. Eles mesmos fizeram tudo sozinhos.

O governo PT e a sua mídia contratada estão fazendo, por exemplo, uma campanha contra a violência contra a mulher. Só uma em cada 11 ou 14 vítimas de homicídio no Brasil é mulher. E nós vemos mais preocupação sobre violência contra mulheres exatamente enquanto o total geral de homicídios é crescente. Aliás, podemos ver a diferença do tempo que pessoas comuns dedicam a comentar notícias policiais da violência comum, bandidos contra pessoas honestas e bandidos contra bandidos, para comentários de qualquer caso de violência de homem contra mulher ou caso falso de crime sexual (de homem contra mulher). Não é o destaque da violência contra "A mulher" no jornal da televisão, no rádio ou no jornal impresso, é o destaque do leitor ou do ouvinte comentando. Eles (é, eu estou considerando homens mesmo) podem citar um caso de latrocínio, ou de assalto, ou de rixas de bandidos e 30 segundos depois falarem de outro caso parecido, ou no mesmo lugar, ou ainda mais escabroso, mas no caso com uma mulher eles podem se concentrar 1, 2, 5 minutos no caso em particular. Se, como eu imagino, o total de mulheres assassinadas sem participação no crime organizado está diminuindo enquanto o total geral de homicídios está aumentando, isso não significa nada sobre a força da conscientização popular. Ou melhor, significa que essa conscientização popular é latido de cachorro pequeno que não morde pra quem está passando na rua.

Nós tivemos o Mensalão e o Petrolão do governo Lula-Dilma que não apenas desviaram muito dinheiro, eles perverteram o Poder Legislativo, que se tornou extensão do PT, e compraram a comunicação de massa sob o disfarce de publicidade estatal. Aliás, quase todo o povo confunde o que é corrupção. O favorecimento pessoal e o desvio de dinheiro público não são a corrupção, eles são consequências da corrupção, quando muito, o objetivo. Corrupção é o funcionamento anormal. O Petrolão não foi um caso de corrupção mais grave do que um desvio de merenda de escola pública só porque 250 milhões de reais foi o que UM executivo da Petrobrás ligado ao esquema prometeu DEVOLVER. O Petrolão desviou tanto dinheiro PORQUE era um esquema de corrupção maior, e POR ISSO tinha que pagar a Folha de São Paulo, a Rede Globo, a Rede Record, o portal UOL e o Facebook, e essa nem é a lista completa. E o PT tinha que pagar essa bolada também para a imprensa não comentar quem mais estava recebendo dinheiro da Petrobrás no mesmo esquema: desde a Parada LGBT até a BLOSTA (Blogosfera Estatal, que são blogueiros que vivem de fazer propaganda para o PT e contra os adversários). Mas há mais indignação com migalhas que uma suposta oposição supostamente recebeu da "PTBRÁS" e com funcionários fantasmas de uma repartição insignificante do serviço público municipal.

Nós tivemos o bloqueio do WhatsApp por decisão judicial no dia 19, porque a empresa se recusou pela terceira vez a cumprir uma ordem judicial. O STF, vulgo Puxadinho do PT, derrubou a decisão judicial e o Facebook, dono do WhatsApp, tirou do ar mais de 14 páginas da direita no dia seguinte (eu vi uma lista de 14 páginas, mas eu vi gente trazendo mais nomes no dia). E tivemos gente na direita ou conhecida como antipetista, como o Reinaldo Azevedo, dizendo que a vítima de arbitrariedade foi o Facebook. E quando o Facebook suspendeu aquela lista de páginas de direita, teve gente em grupo de direita dizendo que o Facebook era uma empresa privada que não é obrigada a deixar um conteúdo que ela não quer. Sim, teve uma pessoa que disse literalmente isso, sem se dar conta do que disse. Então, até no meio liberal-conservador temos gente que entende liberdade como o direito de alguém de tirar todos os meios de expressão de outra pessoa que puder. E entende também que uma democracia de livre mercado pode ter uma empresa privada que censura grupos que defendem o livre mercado, por negócios com um governo que é contra a democracia e o livre mercado, desde que não bloqueie o WhatsApp onde eu movimento a minha vidinha.

Tudo isso acontece porque entre a produção intelectual do movimento esquerdista, a produção de burrice também deste movimento e a pobreza de espírito do povo alienado, o movimento liberal-conservador é ele mesmo parte disso. Bastou o Brasil perder os maiores ícones do esquerdismo (o PT, Lula e Dilma, que não são mais o que eram há 5 anos atrás) para o Conservadorismo cristão voltar à verborreia improdutiva de 10 anos atrás. Dilma Rousseff pode mesmo ser deposta e tornada inelegível para o resto da vida (é que ela já está meio velhinha), o PT pode mesmo nunca mais eleger ninguém para cargo político nenhum. POR ISSO MESMO, o Liberalismo-Conservadorismo brasileiro vai ser derrotado. Tanto porque o movimento esquerdista brasileiro pode deixar o PT, Lula, Dilma e outras peças serem "queimadas" e depois alegar que os antiesquerdistas vivem de adversários fictícios; quanto porque no próprio meio liberal-conservador é uma minoria que entendeu mesmo o tamanho da encrenca. Até gente destacada no meio como o Rodrigo Constantino parece que ataca o Movimento LGBT, as ideias de Paulo Freire ou o Socialismo quando na verdade só faz críticas pontuais a casos observáveis do governo Lula-Dilma. Não existe guerra cultural da parte de conservadores cristãos do Brasil ou do resto do mundo. Só a esquerda faz produção cultural ou intelectual, ou quase só ela. A produção cultural conservadora, com honrosas exceções, é bater punheta pra foto de mulher de classe média dos anos 50.

Com isso, os grupos de discussão conservadores não só estão perdendo evidência, o pessoal já está tanto atacando uns aos outros quanto apanhando da esquerda em casa. Vou mostrar uma pérola da Garota Conservadia:

Garota Conservadora

23 de julho de 2016 às 16:00

"Por um Brasil com mulheres vestidas de forma que sua beleza seja observada de forma plena e não como um pedaço de carne na vitrine de um açougue"

Amém

Obs: Frase de um seguidor

#Dre_cah

Bernadete Dos Anjos sou feminista e adoroooooo este estilo. .. tenho alguns vestidos assim, inclusive de manga comprida ... com o sapato e acessórios certos fica lindo ... mas o assédio é igual ou pior, que as raras vezes que uso um decote (que adoro também, mas minha profissão não permite o uso) ... fazer audiência com decote não é correto. .. enfim... viver não é fácil p ninguém

25 de julho às 11:57

Danielle Monteiro Lima Por um mundo em que a educação seja suficiente para não julgar a roupa de ninguém.

25 de julho às 20:27

(https://www.facebook.com/garotaconservadora/photos/a.1728458127376263.1073741828.1728453310710078/1763529837202425)

Comentários como o segundo foram vários. E esta página Garota Conservadora foi aquela em que eu mandei um ou dois comentários sobre a glorificação na falta de sexo e eu fui bloqueada, e DUAS vezes. Eu tive dois amigos, os dois conservadores, que mandaram umas cacetadas e foram bloqueados também, um deles por intervir pelo outro. E por que as feministas de esquerda podem ficar? É porque as feministas de esquerda são o tipo de interlocutor com quem essas garotas conservadoras conseguem conversar, porque além de terem horror a sexo e inveja de mulher sexy tanto quanto as garotas conservadoras, elas conseguem ser ainda mais loucas e burras. Bom, isso no geral, agora até essa vantagem as garotas conservadoras estão perdendo.

Ah, e se lembram de que eu mencionei uma lista de 14 páginas antiesquerdistas suspensas pelo Facebook no mesmo dia? A Garota Conservadora NÃO estava entre elas. Isso é sinal de que os feministas (homens também) também consideram a Garota Conservadia um interlocutor com quem dá para conversar. Naquele primeiro comentário, tivemos o exemplo de uma mulher feminista que não veste o número do espantalho.

Ah, e vocês se lembram daquele caso que eu trouxe ainda este mês de um conservador que denunciou o Brad Montana pela gravação de um filme pornô em uma praia do Rio de Janeiro? Se lembram de que eu contei que três meses antes, um policial foi assassinado na mesma praia? Por que o assassinato do policial, aparentemente, não deu nada e o caso do filme pornô em uma praia deserta deu escândalo? Será que os conservadores cristãos vão ganhar uma concessão de fiscais antissexo como prêmio de consolação do governo esquerdista?

Eu já tinha isso tudo em mente quando um amigo me mandou uma mensagem que é uma ilustração do que eu estava dizendo:

Abigail, print de última hora pra você, é de uma direitsta que agiu de forma contraproducente contra mim, olha ai:

E era uma aliada, imagine se fosse uma inimiga.

Alessandra Aquino compartilhou a publicação de Jornal Extra

Ai Anitta cala a boca, sério

Jornal Extra

Ontem [28 de julho de 2016] às 10:23

Anitta, confirmada na abertura dos Jogos, opina: "As pessoas deveriam é dar bom dia para os visitantes em vez de ficar criticando pela internet".

http://glo.bo/2aywQHf

'A gente precisa parar de criticar', diz Anitta sobre Olimpíada

Ela vai cantar ao lado de Caetano Veloso e Gilberto Gil.

EXTRA.GLOBO.COM

Tiago O. Silveira Mulherzinha que me dá náuseas!!!

Arthur Tavares É só colocar uma rola na boca dela e aí ela fica sussa kkkkk

José Felício Filho Anitta é uma bunda que canta

Alessandra Aquino Arthur Tavares não vou aceitar falta de respeito dessa forma aqui no meu perfil, sério, esse tipo de comentário é igual ou pior que as merdas que essa mulher fala.

Arthur Tavares Eu tava me referindo a Annita, e não a você rsrs

Alessandra Aquino Eu sei mas foi muito ofensivo, eu tenho meus pais, primos crianças e minha avó aqui no meu Facebook moço e ngm precisa ficar vendo esse tipo de coisa, não adianta vc criticar uma pessoa que fala merda, falando outra merda, me desculpe mas mesmo que não tenha sido pra mim foi ofensivo pela forma que vc falou.

Arthur Tavares Alessandra Aquino E daí? Se ela se comporta como puta, que ela seja tratada como uma, uai. Por mim não tenho a menor pena.

Alessandra Aquino Estou falando da falta de respeito no meu perfil, não me importa o que vc fala ou pensa dessa mulher, só peço que não use esse tipo de palavreado no meu perfil, é grosseiro e mal educado, não é essa a imagem que vc quer que as pessoas tenham de um homem de direita, é?

Arthur Tavares Alessandra Aquino Só por conta de "rola na boca"? Moça, acho que tá atacando alguém errado rsrs.

Alessandra Aquino Bom se é isso que é ser um homem de direita, a pessoa não ter nem a humildade de reconhecer que foi grosseiro e pedir desculpas, com esse tipo de gente não quero andar, conheço homens digníssimos de direita e de esquerda e vc não é um deles! Bye! Fica com a sua falta de educação só pra vc! Nojento!

Uma mulher que se comporta como puta, ele mandou o print screen desse rebuliço pra ela no Facebook, e já compartilhou outras coisas que ele não tem coragem de mandar para as amiguinhas conservadoras, como uma postagem da dra. Marisa Lobo anunciando um seminário de "empoderamento bíblico da mulher cristã". Quiá, quiá, quiá, quiá, quiá! Mas vocês perceberam como os liberais-conservadores, principalmente as moças, estão começando a brigar mais dentro de casa do que fora, além de ficarem choramingando pelos cantos no Facebook? E, poxa, Alessandra, deixa o meu amigo quieto com a rola na boca da Anitta.

E lá vou visitar a Alessandra Aquino e vejo esta pérola:

Alessandra Aquino

22 de abril de 2016 às 15:53 · Curitiba, Paraná

ESTOU DOANDO 2 CRIANÇAS, uma de 6 anos e a outra de 4 anos, Pois adotei um cachorro e ele é alergico a crianças... Além do mais, sairei de férias e não saberei onde deixa-las, caso não doadas, serão SACRIFICADAS!!! Surpresos? A cada dia, dezenas de anúncios similares são publicados no caminho inverso e as pessoas não ficam surpresas. Para seguir com a luta contra o abandono de Animal, copie e cole em seu mural! Animal não é descartável, é um ser vivo!!! #NãoAoAbandonoAnimal #NãoAosMausTratos #AbandonoÉCrime

(https://www.facebook.com/alessandra.aquino.9/posts/972929066158602)

Isso até me lembra uma coisa que eu já ia esquecendo de comentar: os Direitos Animais. Não é bacana que com um número crescente de homicídios e assaltos, vemos cada vez mais gente defendendo os bichos? Ah, e vocês se lembram de que o Silvio Koerich (o verdadeiro) publicou uma lista de declarações feministas pregando ódio e extermínio dos homens feitas ao longo de uns 20 anos e o público nem deu bola, mas quando fizeram um fake dele que dizia que maltratava gatos e cachorros, aí ele ganhou atenção? Hoje em dia, aquela música "eu não sou cachorro, não" virou declaração de humildade.

Ah, eu fui dar uma olhada na foto de perfil da Alessandra Aquino e, bem, pode até não ser "attention whore", mas não faltaram os comentários "linda", de homem e de mulher:

O povo descobriu a corrupção do PT. E agora? Quantas pessoas estão dizendo agora que não têm em quem votar, ou, pior ainda, que todos são corruptos? Agora temos outro problema: muita gente fala mal do governo esquerdista, pelo menos indiretamente, mas não das ideias esquerdistas. Poderíamos puxar aquele discurso de que a pessoa reclama da falta de remédio ou de médico no posto de saúde, mas não se lembra de em quem votou para vereador, mas a coisa é maior que isso. A política, mesmo com o PT que muita gente acreditou que era o melhor que está tendo, virou uma coisa distante e inabalável, meio divina, ou diabólica. Então, vamos procurar coisas palpáveis em que nós podemos atuar. Pra piorar, um governo esquerdista, por definição, quer politizar toda a vida social. Aí, o cidadão de Jaboatão dos Guararapes fala mal dos políticos de Brasília e de Recife, mas desliga as luzes de casa na Hora do Planeta, nem dá bola quando as lanchonetes são proibidas de servir catchup e maionese naqueles frascos com bico e tem de abrir aqueles picotes mal feitos de envelopes, e só vai procurar a diretoria da escola da filha quando descobre que ela está tendo aulas de Educação Sexual. Em vez de querermos ser Daniel na cova dos leões, parece que agora queremos ser os leões no quarto do Daniel.

Os textos deste blogue também estão, alguns com fotos, vídeos e desenhos de putaria, em http://avezdoshomens.blogspot.com.br/search/label/jornal-dos-homens-que-prestam

segunda-feira, 16 de maio de 2016

Direita cristã, acabou! - parte 16: tchau, direita!

Abigail Pereira Aranha

Temos hoje 4 dias de mandato interino do Michel Temer na Presidência da República. Dois dias antes da votação no Senado pelo afastamento da Rainha Louca, o presidente também interino da Câmara dos Deputados, no primeiro ato dele, tentou anular a sessão da Câmara que ele mesmo presidia que aprovou o relatório do impeachment e mandou um pedido ao Senado para devolver o relatório. A defesa do réu é rasgar o boletim de ocorrência. Antes disso, ao longo de mais de um ano e meio, os coletivos não-eleitos, como chama o Luciano Ayan, fizeram várias manifestações pró-PT enquanto o povo de verdade fazia manifestações contra o PT, os primeiros passando uma vergonha de público e de crítica atrás da outra. Mas um problema é que os antipetistas de direita (existem antipetistas de esquerda, como o PSTU e o Solidariedade) não ganharam só porque o PT perdeu. O PT se deu mal porque fez tanto roubo e trapalhada que isso afetou a economia de um jeito que não deu pra abafar nem com a mídia alugada via Petrolão. E aqui eu nem me refiro ao Mensalão e ao Petrolão em si, ou à publicidade deles, eu me refiro a gente desligada do Bolsa Família, à queda do orçamento do FIES que fez bolsistas perderem o benefício, ao preço dos combustíveis subindo, até funcionário público efetivo perdendo o emprego por queda do orçamento em 2014. E de novembro de 2014 até aqui, fizemos uma série de manifestações de rua em centenas de cidades, só a de 13 de março teve mais de três milhões de pessoas, para afastar a Rainha Louca depois de um ano e meio e, com sorte, descartá-la de vez depois de dois anos do SEGUNDO mandato seguido dela e quarto mandato seguido do PT. E um outro problema é que a direita parece que ainda não entendeu o primeiro. Vou explicar melhor com algumas notas só das eleições de outubro de 2014 até hoje:

01) Reinaldo Azevedo e Olavo de Carvalho, respectivamente o segundo melhor analista político da "grande mídia" do Brasil (o melhor é o colega dele na Veja Felipe Moura Brasil) e o maior pensador e jornalista brasileiro atual, começaram amigos e terminaram brigados.

02) Bastou a Câmara dos Deputados aprovar o relatório do impeachment para o Reinaldo Azevedo gravar um vídeo dizendo que "Olavo não tinha razão". Ele baixou ao nível de dizer que o Olavo era defensor da intervenção militar, eu mesma compartilhei na página dele no Facebook uma postagem do Olavo provando o contrário. Mas até no ponto principal ele errou: o Olavo já acertou ainda em setembro do ano passado dizendo que o MBL apoiava aquele pedido de impeachment, em vez de vários outros que já tinham sido apresentados, exatamente porque um dos autores era Hélio Bicudo, que, como dizia ele, não tinha "outro currículo senão uma longa folha de serviços prestados ao esquerdismo".

03) Rodrigo Constantino também começou a alfinetar Olavo de Carvalho, depois de ter gravado um hangout com ele e o Lobão em janeiro de 2014.

04) Rodrigo Constantino e Ricardo Setti foram vaporizados do portal da revista Veja.

05) A tese de solução via intervenção militar não era apoiada pela maioria da direita, mas só por ter tido um número razoável de simpatizantes já mostra como a direita como um todo é contaminada por nostalgia caipira. Mas não bastava essa ideia existir: mesmo depois do alto escalão das Forças Armadas participar do desfile de Sete de Setembro junto com a Excelentíssima em espaço cercado com muro de aço; mandar soldados para reprimir a greve dos caminhoneiros de novembro do ano passado; mandar soldados para as nossas casas para caçar o mosquito Aedes aegypti; ficar praticamente em silêncio quando o general Paulo Chagas foi agredido por militantes petistas perto do Congresso Nacional; mesmo assim, esses trouxas gritavam "intervenção militar já" nas redes sociais até o último minuto.

06) Michel Temer fez o primeiro pronunciamento prometendo que não vai acabar com o Bolsa Família, o Minha Casa Minha Vida e as outras vitrines do PT. Até Aécio Neves já tinha gravado há um mês atrás um vídeo dizendo que Dilma mentiu quando disse o contrário como mentiu na campanha de 2014 e se alguém estava acabando com os programas sociais, era a própria Dilma.

07) Michel Temer também tinha nomeado o novo ministério e a primeira coisa que a imprensa observou é que não tinha mulher nem negro. "Após críticas, Temer deseja criar secretaria de Cultura e nomear mulher para o comando" (Zero Hora, 15/05).

08) Sara Winter se associa à direita, ganhando boas-vindas pelo menos de Jair Bolsonaro e Olavo de Carvalho. Há quem diga que ela é oportunista ou infiltrada. Mas o que eu tenho observado é que mesmo que a conversão dela seja sincera, ela vai fazer menos pela direita do que fez pelo Feminismo e menos do que a direita vai fazer por ela.

09) A Operação Lava-Jato chegou a empresas privadas, as construtoras Odebrecht e Andrade Gutierrez. O PT se beneficiou com o Petrolão? Com certeza. Aquelas e outras empresas privadas se beneficiaram também? Igualmente com certeza. Só isso já quebra o que os liberais dizem sobre o público e o privado. Eu expliquei melhor em "Como o Petrolão pode enterrar o Conservadorismo-Liberalismo", parte 1 e parte 2.

10) Todas as páginas femininas conservadoras no Facebook, como a Garota Conservadora, a Damas da Verdade e a Mulheres Contra o Feminismo, juntaram comemorações quando mulheres apanhavam ou eram presas em nome dos bons costumes e ataques à Real e à greve de casamentos ao puritanismo de interior que já fedia a mofo. Eu trouxe um pouco da Garota Conservadia em "Página Garota Conservadora mostrando que o antifeminismo conservador não passa de outro feminismo", "O Puritano-Feminismo episódio 26: um pouco da página Garota Conservadora" e "O Puritano-Feminismo episódio 27: um pouco das seguidoras da página Garota Conservadora, e como elas se entregam"; das Damas da Verdade em "O Puritano-Feminismo episódio 23: blogueira cristã se diz antifeminista, mas escreve contra os inimigos do Feminismo"; e das Mulheres Contra o Feminismo em "Seu corpo, minhas leis episódio 3: duas semanas depois da aprovação do casamento gay nos Estados Unidos, professora é presa por sexo hétero (e a equipe Mulheres Contra o Feminismo apoia)". Elas já apanharam nos próprios grupos. Eu fiz uma seleção de cascudos de mulheres feministas em páginas conservadoras em "Direita cristã, acabou! - parte 8: 'Prefeito espanca a filha 'em nome da moral' e é elogiado por internautas', presente do Pragmatismo Político para a direita cristã por ter me ignorado". Os comentários de feministas (homens e mulheres), elas ainda deixaram; os rapazes da Real e outros homens antifeministas (e também mulheres, como esta aqui), elas baniam dos grupos. Ainda por cima, a mulher conservadora ainda pode passar por uma lanchinho de cafajeste em fim de carreira.

Até hoje, mas principalmente até uns 10 ou 20 anos atrás, a imagem que estava na mente de quase qualquer adolescente bem pensante era que o contrário do Feminismo era reprimir a própria sexualidade e a dos outros; que o contrário do Socialismo era negar direitos aos trabalhadores; que o contrário do anticristianismo era a glorificação do analfabetismo católico. Se a imagem pública do movimento esquerdista perdeu aquele brilho, é porque ele próprio tanto ganhou evidência mundial quanto não pôde, por isso mesmo, abafar as próprias porcarias. Mas uma coisa que se dava a entender antigamente e ainda é verdade hoje é que praticamente toda a oposição ao esquerdismo é provincianismo falso moralista. É a fobia do sexo, o desprezo ao conforto, o desprezo à inteligência, a inveja da vida sexual alheia, tudo isso mais uma glorificação da iniciativa privada enquanto empresários do mundo real estão fazendo esquemas com políticos e funcionários públicos. Tudo isso tirando o trabalho de ex-militantes esquerdistas-feministas ou, pior ainda, de militantes moderados contra a banda podre. Culturalmente, o Conservadorismo tinha pouco de interessante para as pessoas pensantes da década de 1960 e tem pouco hoje.

Para vocês brasileiros entenderem melhor, vamos fazer um balanço cultural de outubro de 2014 até aqui. Quantos livros de conservadores foram publicados? Quantos jornais e revistas impressos de linha liberal-conservadora foram criados? Quantos jornais e revistas já existentes tiveram colunistas liberais-conservadores? Qual partido de direita foi oficializado? A Rede já foi. Qual universidade católica ou protestante abriu espaço para um grupo de direita ou tem um professor militante liberal-conservador? Márcia Tiburi é da Faculdade Presbiteriana Mackenzie. Qual igreja tem algum grupo ou algum líder liberal-conservador?

Se nós temos uma Sara Winter dando uma ou outra entrevista para jornais só porque ela é ex-liderança de um grupo feminista e, por exemplo, Luana Basto nunca foi entrevistada, não é só porque a Luana Basto não é uma ex-feminista, ex-lésbica, ex-puta, ex-maluca. Também não é só porque a Sara Winter tem experiência com o Feminismo de verdade enquanto o Conservadorismo ainda insiste nas lendas urbanas feitas para analfabetos frustrados da década de 50. É porque o esquerdismo nunca perdeu força, o pensamento liberal-conservador é intelectualmente insignificante, quase todo o antiesquerdismo intelectualmente digno de nota vem de dentro da própria esquerda e é esse último que uma mídia já comprometida com o esquerdismo vai mostrar.

Agora é só Michel Temer recuperar a economia, a Polícia Federal prender meia dúzia de militantes parasitas mais notórios e alguns militantes parasitas no serviço público perderem o emprego e já era. O pensamento liberal-conservador volta à irrelevância e à quase invisibilidade do começo da década passada. E os "reaças" ainda vão achar bom consertar a bagunça deixada por Dilma Rousseff e seu grupo. "Tchau, querida" também é "tchau, direita".

Os textos deste blogue também estão, alguns com fotos, vídeos e desenhos de putaria, em http://avezdoshomens.blogspot.com.br/search/label/jornal-dos-homens-que-prestam

sexta-feira, 1 de abril de 2016

Como o Petrolão pode enterrar o Conservadorismo-Liberalismo - parte 2: a derrota das instituições e um pouco de Anarquismo

Abigail Pereira Aranha

Se a figura de autoridade fosse sempre a melhor pessoa para o lugar em que está, pelo menos tecnicamente e isso não só em política, o Anarquismo não existiria. Mas nós sabemos que o que mais passa pela cabeça de quem está por cima, em qualquer lugar de qualquer época, é alimentar o ego, vida fácil e, no caso dos homens, uma opção entre comer vadias enrustidas e ter uma mulher que nem teve libido suficiente para ser vadia. Tá bom, muita coisa boa foi feita em ditaduras e governos despóticos ou por estudiosos que eram grandes cretinos. Mas isso foi feito apesar dessas figuras, não por méritos delas. A grande maioria das autoridades políticas, acadêmicas, militares não merece o respeito normal entre dois cidadãos comuns não só apesar da posição de autoridade, também por causa dela.

O que fez o final da obra ser aceitável passa necessariamente pelo respeito à pessoa que sabe fazer aquela coisa boa, ou no mínimo um respeito ao produto final. O Socialismo é uma ditadura de estupidez e mediocridade para acabar com esse respeito ao mérito. E isso não vem só da elite governante, vem também, talvez ainda mais, do povo que apoia o sistema. O Conservadorismo não tem esse nível de iniquidade, mas tenta conservar as mesmas figuras de autoridade para minimizar aquela estupidez.

Você se lembra de uma parábola de lobos, cães pastores e ovelhas, que dizia que os cães pastores, que são os policiais, se parecem com os lobos, que são os caras maus, mas defendem as ovelhas, que são os cidadãos comuns? Essa é do tempo do "combate ao terrorismo" nos Estados Unidos. Quem gostava da parábola na época é quem em 2014 pediu a cassação do Barack Hussein Obama lá ou o impeachment da Rainha Louca aqui. O que mudou? Não é só que as autoridades desses governos são socialistas, e isso não só no poder político formal, é que nesses governos saíram lambanças indefensáveis.

Isso nos leva ao caso da Operação Lava-Jato. Vamos destacar: a Operação Lava-Jato é o inquérito sobre o Petrolão. Já vimos lulopetistas dizendo que o que derrubou a Petrobrás e causou a atual crise econômica foi a Operação Lava-Jato. É como se o centro da cidade tivesse uma onda de assaltos e depois que a polícia pegasse alguns dos bandidos, alguém dissesse que a culpa da falta de segurança fosse do batalhão de polícia. Mas vamos nos lembrar de que 252 milhões de reais foi o que UM ex-gerente prometeu DEVOLVER[1]. Como esse esquema de desvio ou mau uso de dinheiro público pôde ficar invisível por 3 ou 4 anos só do mandato da então Presidente da República? Isso tem a ver com os programas sociais. O governo PT aumentou o número de analfabetos funcionais dentro das universidades e durante esse governo, o setor público nos três níveis aumentou para mais de 5% da população total hoje. Isso significa que o grupo autor do Mensalão e do Petrolão adoçou a boca de um bom bocado da população brasileira: uma pessoa com deficiência para interpretar qualquer texto maior que um artigo de folhinha de paróquia poderia ter um diploma universitário e depois uma sinecura no serviço público, talvez em uma repartição que fosse toda ela desnecessária ou até daninha para a coletividade.

Aí o liberal vai dizer que se a PTbrás fosse uma empresa privada, isso não teria acontecido. É aí que entra a construtora Odebrecht: em vez de perder dinheiro público, ela recebeu; em vez de encolher, cresceu ou continuou grande.

Mas o esquema que beneficiava desde os membros do PT até a mãe solteira de um cotista de universidade pública trouxe, pra começar a conversa, retração de 4% do PIB em 2015[2], com previsão ainda pior para este ano. E agora? Como glorificar a polícia, o Poder Judiciário e o governo quando o país tem 20 homicídios por 100 mil habitantes e a solução deles para isso é desarmar as futuras vítimas? Como glorificar o Poder Judiciário se você homem tem 92% de chances de não ser preso se matar uma pessoa, mas pode ser preso por dever pensão alimentícia, ou qualquer lésbica desequilibrada te faz responder por um crime sexual que nunca existiu? Como glorificar uma estrutura estatal que consome 40% do PIB e o posto de saúde do bairro está com falta de remédios? Aqui está o problema de um serviço público, incluindo universidades, onde qualquer um pode entrar e se destacar: qualquer um sabe que é uma porcaria.

O caso Lava-Jato (relembro que é a investigação, não o crime) fez o PT fazer duas coisas de comédia. A primeira foi indiciar políticos da oposição que nunca tiveram influência na Petrobrás para que os petistas Lula e Dilma continuassem como não-investigados. Foram a Polícia Federal e o Ministério Público, mas sob a direção do PT. A segunda coisa foi tentar nomear o nunca investigado Lula como Ministro da Justiça, para ele continuar sendo um não-investigado ou pelo menos um não-preso. Isso só não aconteceu porque o povo já estava mostrando indignação havia mais de um ano e gente do próprio Judiciário se mexeu antes de nunca mais ter moral de pedir respeito.

Você já observou que, tirando os paspalhos que pedem a intervenção militar, os heróis lembrados nas manifestações contra o PT são indivíduos? Em vez do Congresso Nacional, Jair Bolsonaro. Em vez da imprensa, Olavo de Carvalho. Em vez do Poder Judiciário, Sérgio Moro. E qual clérigo em vez da Igreja Católica? E qual pastor em vez das igrejas evangélicas? E qual policial em vez das polícias? E esses indivíduos também não têm grande posição de hierarquia, no máximo o dr. Sérgio Moro que é o titular da 13ª Vara da Justiça Federal de Curitiba. Aliás, os presidentes do Congresso Nacional, o da Câmara que é o Eduardo Cunha e o do Senado que é o Renan Calheiros, também ganharam pelo menos uma faixa de "fora": uma imagem rápida da Globo das manifestações de 13 de março mostrava uma faixa "Fora Dilma, Lula, Cunha e Renan".

E não apenas quase todas as autoridades passaram longe das homenagens, e só foram lembradas para fazerem o seu trabalho que já devia ter sido feito há um bom tempo. A própria manifestação popular foi um modelo meio anarquista. O público era maioria de direita, mas o formato de passeata, de aglomeração em praça pública, de bonecos gigantes, de faixas e cartazes é um formato que até há muito pouco tempo atrás quase só esquerdistas e anarquistas usavam, e dessa vez foi usado contra a esquerda. Mas não foi só o formato do protesto que o Conservadorismo pegou da militância esquerdista: a denúncia contra as instituições também. Ficou pra História também que o que o Conservadorismo e o Liberalismo tentaram preservar é algo que os socialistas nunca tentaram destruir, porque pode ser muito bom para eles, socialistas.

NOTAS

[1] "Ex-gerente da Petrobras se compromete a devolver R$ 252 milhões", Congresso em Foco, 17 de novembro de 2014, http://congressoemfoco.uol.com.br/noticias/ex-gerente-da-petrobras-se-compromete-a-devolver-r-252-milhoes. "O ex-gerente-executivo de Engenharia da Petrobras Pedro Barusco se comprometeu a devolver US$ 97 milhões, o equivalente a R$ 252 milhões, que teria recebido do esquema de corrupção na empresa."

[2] "'Prévia' do PIB do Brasil fecha 2015 com queda de 4,08%, calcula BC", Valor, 18 de fevereiro de 2016, http://www.valor.com.br/brasil/4442324/previa-do-pib-do-brasil-fecha-2015-com-queda-de-408-calcula-bc.

Os textos deste blogue também estão, alguns com fotos, vídeos e desenhos de putaria, em http://avezdoshomens.blogspot.com.br/search/label/jornal-dos-homens-que-prestam

quarta-feira, 30 de março de 2016

Como o Petrolão pode enterrar o Conservadorismo-Liberalismo - parte 1: iniciativa privada

Abigail Pereira Aranha

Os direitistas e os conservadores ainda poderiam passar para a História como quem freou algo ainda pior, que é o Socialismo. Em vez disso, eles não apenas repetiram o mesmo discurso dos anos 1950, eles também deixaram a esquerda continuar com os mitos sobre si mesma e sobre a direita. Ou pior, eles mesmos repetiram esses mitos algumas vezes. Eu já tinha em mente explicar como o esquema da Odebrecht no Petrolão refuta o Liberalismo e abala todo o pensamento de direita quando eu vi o texto "Relação promíscua entre empreiteiras e governo começou na ditadura militar", de Fernando Rodrigues[1], compartilhado pelo Luciano Ayan. Vou copiar um trecho:

Só para lembrar, até o final dos anos 60, a atual gigante Odebrecht era apenas uma empresa local da Bahia. Depois do decreto de Costa e Silva, despontou para o sucesso construindo o prédio-sede da Petrobras no Rio de Janeiro (em 1971), aproximando-se dos militares que comandavam a estatal, conforme relata reportagem de Marco Grillo, que buscou as informações no livro "Estranhas catedrais – As empreiteiras brasileiras e a ditadura civil-militar" (Editora da UFF, 444 pág., 2014), resultado da pesquisa para a tese de doutorado "A Ditadura dos Empreiteiros", concluída em 2012 pelo professor Pedro Henrique Pedreira Campos, da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ).

(...) Antes de a ditadura militar consolidar a reserva de mercado para as empreiteiras nacionais, a tese do professor Pedro Campos mostra que havia um domínio de empresas estrangeiras no Brasil:

Empreiteiras-Brasil-seculo20

No início da década de 70, as coisas começaram a mudar drasticamente, (...) com a evolução das empreiteiras Camargo Corrêa, Andrade Gutierrez, Mendes Júnior e Odebrecht no ranking das maiores do país (...).

A simbiose entre o público e o privado na época da ditadura se dava com a colocação de militares em cargos de direção nas empresas que forneciam para obras de infraestrutura. Os generais iam parar em diretorias e conselhos de grandes corporações.

Dois dias depois, um amigo compartilhou uma postagem do blogue O Cafezinho intitulada "Horror! PF tortura senhora doente pra extrair delação do marido contra Lula"[2]. A estória é mal contada, mas a autora (Conceição Lemes, do Viomoundo) traz uma nota interessante:

Parênteses: a Zelotes original, que apurava sonegação de impostos de R$ 21 bilhões por grandes empresas, como Bradesco, Santander, Grupo Gerdau, Mitsubishi, e Grupo RBS, afiliado à TV Globo no Sul, foi abandonada pela Polícia Federal (PF) e pelo Ministério Público Federal (MPF), sem maiores explicações até agora. Fechado parênteses.

Faz sentido. Afinal, a Polícia Federal e o Ministério Público eram quase serviçais do PT e do PSOL, até que o PT fez tanta porcaria que não dava mais. Vou pegar o caso do Santander, que eu conheço melhor: é aquele banco em que uma analista fez uma previsão da crise em que já estamos e preparou uma carta sobre propostas de investimentos para clientes, e ela foi demitida a pedido do Lula ao presidente do banco. E o banco, na ocasião, foi demonizado pelos lulopetistas (por causa da carta, não da demissão da analista). Demonizado literalmente, foi apelidado de "Satãder" com meme com desenho do vermelhinho.

O PT com seus soldados vai tentar derrubar a Odebrecht e o PSDB para não cair? Vai. Mas se Dilma Rousseff cair, se até todo o PT for banido da vida política, a direita vai cair junto:

1) Dilma Rousseff vai cair junto com a tese de que a iniciativa privada e a estrutura estatal são inconciliáveis, e que a iniciativa privada quer e precisa de distância do Estado para crescer.

2) Dilma Rousseff vai cair junto com a tese de que o Capitalismo é um sistema cultural antagônico ao esquerdismo. Se lembram da matéria "O que o caso do bar Quitandinha ensina sobre redes sociais" da revista Exame[3], que foi uma petrolagem de BLOSTA[4], há menos de um mês e meio atrás?

3) Dilma Rousseff vai cair junto com a intelectualidade liberal. Por exemplo, no dia 25, o UOL Notícias publica uma entrevista com Flávio Rocha, presidente da Riachuelo: "Sem Dilma, retomada dos investimentos seria 'instantânea', diz presidente da Riachuelo"[5]. Como os meus amigos liberais podem ler lá coisas que eles acreditam, podem não se dar conta de que só a data em que a entrevista foi publicada é 12 dias depois dos protestos populares contra a Rainha Louca, com 3 milhões e meio de pessoas, e 7 dias depois do contraprotesto dos petralhas[6] em que eles passaram vergonha com muito menos gente. Depois, alguém da BLOSTA vê essa entrevista e diz que é prova de que as grandes empresas brasileiras estão por trás das manifestações. Bom, por trás estão mesmo, mas naquele outro sentido.

4) Dilma Rousseff vai cair junto com o que tirou o Conservadorismo-Liberalismo da invisibilidade e da irrelevância em que estava há 15 anos atrás: um governo Lula - Dilma Rousseff pra falar mal. E aqui não é só questão de má administração ou desvio de dinheiro público: se o novo presidente for Michel Temer ou Aécio Neves, quando nós falarmos de Feminismo, de Movimento LGBT, de Movimento Negro, de comunistas na Igreja Católica, vão dizer que a gente está com o discurso do tempo em que o PT estava na presidência (e o PT era de direita e apoiado pelos grandes empresários).

Dilma Rousseff vai cair e levar a direita junto, não a esquerda. Naquela entrevista com o presidente da Riachuelo, podemos ver clichês "neoliberais" como "Estado mínimo, com uma atuação na regulação mínima" e "o socialismo fracassou em todas as ocasiões em que foi testado". Enquanto até a grande maioria dos manifestantes antipetistas repetem os mesmos clichês da direita da década de 1990, a esquerda pode estar se preparando para se safar. O PT pode queimar a dona Dilma, outros partidos de esquerda podem queimar o PT ou a própria militância esquerdista pode queimar todos os partidos que se dizem de esquerda. Talvez tudo isso ao mesmo tempo. Mas só o envolvimento da Odebrecht com o PT já mostra por que o Liberalismo e, ainda mais, o Ultraliberalismo (vulgo Anarcocapitalismo ou ANCAP) são glorificação grupal de netos de coronel em fóruns insignificantes na internet: os grandes empresários apoiam os socialistas no governo (embora nem sempre o governo socialista) exatamente pelo lucro[7]. Mas como a militância esquerdista tem um quase monopólio do discurso, ainda pode usar as provas do pior caso de corrupção conhecido da história do Brasil para descartar os cúmplices e ainda sair mais forte do que nunca.

NOTAS

[1] "Relação promíscua entre empreiteiras e governo começou na ditadura militar", Fernando Rodrigues, 24 de novembro de 2014, http://fernandorodrigues.blogosfera.uol.com.br/2014/11/24/relacao-promiscua-entre-empreiteiras-e-governo-comecou-na-ditadura-militar.

[2] "Deputado Paulo Pimenta denuncia: PF mantém presa em condições precárias para forçar a delação premiada do marido", Viomundo, 24 de janeiro de 2016, http://www.viomundo.com.br/denuncias/paulo-pimenta-denuncia-que-pf-mantem-empresaria-presa-em-condicoes-precarias-para-forcar-delacao-premiada-do-marido.html. Também em O Cafezinho, http://www.ocafezinho.com/2016/01/25/horror-pf-tortura-idosa-doente-pra-extrair-delacao-do-marido-contra-lula, com o título "Horror! PF tortura senhora doente pra extrair delação do marido contra Lula".

[3] "O que o caso do bar Quitandinha ensina sobre redes sociais", Exame, 17 de fevereiro de 2016, http://exame.abril.com.br/pme/noticias/o-que-o-caso-do-bar-quitandinha-ensina-sobre-redes-sociais.

[4] BLOSTA: Blogosfera Estatal. Os blogues que são pagos com dinheiro público desviado pelo PT para falar bem dele e mal da oposição (e que geralmente são insginificantes e só petistas leem e levam a sério).

[5] "Sem Dilma, retomada dos investimentos seria "instantânea", diz presidente da Riachuelo", UOL Notícias (por BBC Brasil), 25 de março de 2016, http://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/bbc/2016/03/25/sem-dilma-retomada-dos-investimentos-seria-instantanea-diz-presidente-da-riachuelo.htm.

[6] "pe.tra.lha adj e s.cddd(o/a) Pejorativo 1. Que ou pessoa que, sem nenhum escrúpulo, não vacila em cometer to e qualquer ato marginal à lei, como usurpar, mentir, extorquir, ameaçar, chatagear, roubar, corromper, ou que defende com ardor ladrões, corruptos, usurpadores, mentirosos, cínicos, extorsionários, chantagistas, etc. que, porém posam de gente honesta e defensores intransigentes da ética: jornalista petralha; jornaleco petralha; há petralhas nesse governo? \ s.f. (a) 2. Petralhada: se há algo positivo nas agressões que a petralha vem dirigindo contra a imprensa é o fato de que, finalmente, o verdadeiro caráter dsse grupo veio à tona \ adj. 3. Característico ou próprio desse tipo de pessoa; sórdido; nojento/ asqueroso; canalha; calhorda: comentário petralha; o jeito petralha de governar; a agressividade petralha. AE Este neologismo foi criado pelo jornalista Reinaldo Azevedo, que o formou de petista (em referência ao simpatizante ou membro desonesto, aloprado ou inescrupuloso do PT) + Irmaãos Metralha, gêmeos bandidos atrapalhados das estórias em quadrinhos e dos desenhos animados r. petralhada (pe) s.f. (bando de petralhas; petralha(2)]" (Dicionário Sacconi, citado por Reinaldo Azevedo, "A atualização do verbete 'Petralha' no Grande Dicionário Sacconi da Língua Portuguesa, aquele que já traz a palavra 'mensalão'", 28 de março de 2012, http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/a-atualizacao-do-verbete-%E2%80%9Cpetralha%E2%80%9D-no-grande-dicionario-sacconi-da-lingua-portuguesa-aquele-que-ja-traz-a-palavra-%E2%80%9Cmensalao%E2%80%9D)

[7] Aquela entrevista do presidente da Riachuelo dá um exemplo didático, didático dos erros dos liberais, não da ideia que eles pregam:

BBC Brasil - E a corrupção no setor privado? A própria Lava Jato revelou que também há empresários corruptos.

[Flávio] Rocha - (...) A livre concorrência ajuda a acabar com a corrupção. Por exemplo, se eu tiver na Riachuelo um comprador de gravatas corrupto que tenha feito um acerto com o fornecedor, a gravata será mais cara e a Riachuelo vai perder participação no mercado. Isso não acontece na Petrobras.

Mesmo que isso seja verdade, a iniciativa privada quer mesmo a livre concorrência? O próprio exemplo prova que: 1) nem todo empresário quer vencer por jogo limpo; 2) um esquema de corrupção de empresário privado com o setor público ou mesmo com outro empresário privado pode ser mais lucrativo para ele do que a livre concorrência; 3) uma empresa privada pode ganhar espaço no mercado não dentro da livre concorrência, mas contra ela. Mas, meu caro, você diria isso se a Petrobras já estivesse no Petrolão mas ainda fosse a maior empresa do Brasil?

Os textos deste blogue também estão, alguns com fotos, vídeos e desenhos de putaria, em http://avezdoshomens.blogspot.com.br/search/label/jornal-dos-homens-que-prestam

sábado, 26 de março de 2016

Dilma Rousseff já foi cassada... pela militância esquerdista?

Abigail Pereira Aranha

Amigos, eu achei uma conversa entre esquerdistas que pode ser um sinal do futuro da Rainha Louca e talvez do PT. Não é grampo. E também não é de grandes figuras do PT ou de partidos de esquerda. E este é o ponto: são postagens no Facebook de dois militantes esquerdistas comuns. Um disse que "Dilma pode até ter sido e/ou agido como uma traidora de suas bases, militantes, eleitores e do povo brasileiro", mas "ela não é o inimigo histórico do povo brasileiro". O outro comenta que "a Dilma está à direita do Aécio". Sério! Já vou mostrar as íntegras, mas antes vou fazer algumas considerações.

Está certo que há mais de 10 anos que a esquerda brasileira não é só PT-PCdoB e muitos que se dizem de esquerda querem distância deles. Não são só partidos criados por gente que saiu do PT por achar que ele era socialista de menos, temos militância organizada que já trata Lula e Dilma como pelegos desde o começo do primeiro mandato da Dilma. Mas mesmo assim, quem era militante de esquerda e não gostava do PT ainda conseguia se unir a petistas para lutar contra a "direita".

Se cada pessoa que participou das manifestações do dia 13 conhecer duas pessoas que simpatizam com o PT, o Lula podia mesmo prometer que as manifestações do dia 18, a favor dele, iam ser o dobro. E por que elas foram um fiasco? Não foi só porque a militância profissional não se comunicou com as pessoas do povo de verdade que apoiam o PT (e essas pessoas são milhões). É porque o filme do PT está queimado, quem é pego em escândalo ou ataca para não se defender ou queima os comparsas para não cair sozinho. Quem votou no PT em 2014 sem ser militante profissional foi desligado do Bolsa Família, teve neto que perdeu bolsa na faculdade, teve irmão que ficou desempregado porque a empresa fechou, é funcionário público que viu colega ser demitido para redução da folha de pagamento. Nem o "com o Aécio seria pior" anima a sair pra rua pra defender o PT, seja sexta-feira no fim da tarde ou domingo de manhã. Sem muito alarde fora da internet para quanto os grandes veículos de comunicação de massa tradicionais ganharam para aliviar as notícias contra o governo ou para quanto o Facebook ganhou para atrapalhar as páginas das manifestações contra o PT, já sabemos da retração do PIB de 4% em 2015 e vemos notícias sobre o Petrolão nos jornais.

Então, ter poder político ou mesmo um cargo decisivo no serviço público neste país vai ser um pesadelo. Por isso a Dilmaligna está sendo isolada. Por isso o PT está começando a apanhar até de quem apanhava quieto. E o pior nem é a crise em si, é que sair dela é, vou inventar uma palavra, insonhável. Mesmo que fosse questão de recuperar PIB e diminuir gastos do Estado, o problema é maior do que a própria direita percebe. Quantos brancos que perderam dois anos até não perderem vaga de universidade para cotistas vão arregaçar as mangas pra tirar o Brasil da crise? Quem vai convencer um homem de bem que foi vítima de falsa denúncia de crime sexual de que o bem do Brasil é interesse dele? E pegando o boi que o ódio dos ricos contra os pobres, dos homens contra as mulheres, dos brancos contra os negros e do Sul-Sudeste contra o Norte-Nordeste são muito menos do que a tagarelice esquerdista diz.

Acontece que a porcaria não pode ir para a ficha da esquerda. Então, Dilma Rousseff, Lula e o PT têm de ser direita. E primeiro, nós não temos partidos com "liberal" no nome desde a década passada; segundo, a direita ainda pensa que o contrário de Socialismo é empoderamento da iniciativa privada mais inquisição puritana. Então, direita é o contrário do que a esquerda diz que ela mesma é: esquerda é direitos do trabalhador, controle popular dos meios de produção, "de cada um segundo a sua capacidade e a cada um segundo a sua necessidade", etc.

Parei de enrolar, vamos às pérolas, mas peço ao leitor que tenha em mente o que eu disse.

======

Rafael Scovino

17 de março às 12:21 · Rio de Janeiro, RJ, Brasil

Dilma pode até ter sido e/ou agido como uma traidora de suas bases, militantes, eleitores e do povo brasileiro.

Mais ela não é o inimigo histórico do povo brasileiro e que defende medidas muito piores que os já tenebrosos ajuste fiscal, tarifaço, concessões de patrimônio público, cortes nos serviços essenciais, juros extorsivos, dívida pública imoral e a chantagem do superávit primário.

É só relembrar como foi para o povo a vida na Era FHC e como foi nos governos de Lula e no primeiro de Dilma.

A direita liberal historicamente entreguista, anti-nacional e anti-popular quer simplesmente por completo e definitivo o desalento do povo, a entrega da nação e a fragmentação territorial.

São aqueles que acham a fome normal, que pregam o fim da CLT, que apóiam a PL das terceirizações, que querem entregar o pré-sal as 7 irmãs do petróleo, que pregam a extinção do serviço público e tantos outros disparates que porão nosso povo mendigando novamente as ruas, se vendendo por um prato de arroz com feijão.

Nosso cenário político é desalentador, agora daí perfilar justo com oque há de pior nele, dar crédito ao udenismo e a Rede Globo é em definitivo estar entre os inimigos do Brasil.

A quem o mercado financeiro, o rentismo dá apoio tácito subindo e descendo bolsas ante a possibilidade destes retornarem ou permanecerem fora da Presidência da República ?

(https://www.facebook.com/rafael.scovino/posts/995555033831820)

Heleno Papadopoulos só não enxerga que a Dilma está à direita do Aécio quem não quer... a moliér assentou menos sem-terra em 4 anos do que o FCH em 2 anos (sim: isso mesmo), entregou pré-sal, cortou pensão por morte, lançou decreto aprovando pela PRIMEIRA VEZ DESDE 1963 REDUÇÃO SALARIAL À REVELIA DA CARTA DE 88, colocou latifundiária na pasta da agricultura, tornou manifestações populares em "terrorismo" antes da Copa (lei ainda válida!), cortou direito dos pescadores e das populações ribeirinhas, deu colher de chá pra Samarco quando do rompimento da barragem (vide decreto lançado pela presidente caracterizando a tragédia de Mariana como "desastre natural"), lutou com unhas e dentes por Belo Monte (apesar das inúmeras denúncias de irregularidades e agressões ao meio ambiente), facilitou que a reserva florestal de propriedades rurais fossem reduzidas, aumentou juros pra favorecer aos bancos como nunca, aumentou o custo da energia elétrica e das importações NO MESMO ANO, causando a falência de MILHARES DE EMPRESAS, restringiu o acesso ao seguro desemprego, depois de causar desemprego com o fechamento de empresas, cortou verba na educação e os repasses para os municípios, privatizou aeroportos, portos e hidrelétricas! Vendeu hidrelétricas pra China à preço de banana no começo do ano! E tem gente que ainda finge que não vê os ataques perpetrados contra os trabalhadores e a indústria nacional. A única prioridade dela são os bancos, as empreiteiras e os latifundiários!

(17 de março às 17:31, https://www.facebook.com/MarcusValerioXR/posts/10209228449051279?comment_id=10209230107892749)

Heleno Papadopoulos não é à toa que 94% da população desaprova o governo. Não é por acaso, não é por ignorância política.

(17 de março às 17:32, https://www.facebook.com/MarcusValerioXR/posts/10209228449051279?comment_id=10209230129933300)

Os textos deste blogue também estão, alguns com fotos, vídeos e desenhos de putaria, em http://avezdoshomens.blogspot.com.br/search/label/jornal-dos-homens-que-prestam

sábado, 19 de março de 2016

Globo com Martin Niemoller, tem a ver?

Abigail Pereira Aranha

Em 2013, "Brasil é 'país mais mortal das Américas' para jornalistas, diz ONG" Repórteres Sem Fronteiras. Reproduzimos uma reportagem da BBC Brasil[01], porque o cinegrafista morto citado, Santiago Andrade, era da Rede Bandeirantes.

Em outubro de 2014, na campanha do segundo turno das eleições presidenciais, "Prédio da editora Abril é pichado durante protesto contra revista 'Veja'"[02], pela matéria de capa sobre a delação premiada de Alberto Youssef em que ele dizia que Lula e Dilma "sabiam de tudo" do escândalo do Petrolão. O G1 noticiou, mas "a impressão é de que o Jornal Nacional decidiu apresentar a capa e seu conteúdo explosivo mais em solidariedade ao dano sofrido pela Editora Abril do que pela matéria em si"[03]. Porque o prédio era da editora Abril.

Em julho de 2015, a empresa Pepper Interativa tem um mandado de busca e apreensão dentro da Operação Lava-Jato e poucos dias depois, a esposa de um dos sócios e "garota do tempo" do Jornal Nacional, Maria Júlia "Maju" Coutinho, é alvo de um ataque racista via redes sociais. "William Bonner comenta injúrias raciais contra Maju Coutinho no 'Jornal Nacional'"[04]. Ou talvez não, a empresa de Agostinho Paulo Moura, o marido da "Maju", não é Pepper Interativa, é Pepper Comunicação Integrada. Então, em vez de "Marido de Maju está envolvido na Lava-Jato, diz texto falso"[05], temos "Empresa com nome parecido com a do marido de Maju está envolvida na Lava-Jato, diz texto falso". De acordo com Boatos.org, "o texto, retirado de um site de extrema direita [como se diz na Wikipedia, carece de fontes], também acusa o chamado 'Mav', exército virtual do PT de ser autor dos comentários racistas". De acordo com a página Verdade Absoluta, os ataques vieram de "um grupo de zoeiros do Facebook (secreto) chamado Warnig, que já criaram novo grupo backup (bombermamTerror) para filtrar membros, que nunca, ao menos publicamente, assumiram qualquer envolvimento politico. O objetivo dos Warnings é apenas ganhar notoriedade zoando e derrubando páginas famosas ou atacando perfis de pessoas, famosas ou que tenham muitos curtidores"[06]. Mas a postagem tem atalho para outra de três dias depois que diz que um dos suspeitos é um rapaz de 15 anos que não estava no grupo[07]. O E-farsas.com já dizia, na postagem "Racismo contra Maju era disfarce sobre operação Lava Jato?": "Nosso grupo no Facebook descobriu que esses boatos podem ter surgido de um grupo fechado chamado Warming~ [atalho para o grupo Bomberman Terror citado no Verdade Absoluta, mas como o dos autores dos ataques, não do boato], cujo o objetivo não é político. Em uma postagem feita no dia 04 de junho, alguns membros do grupo criaram esse boato, torcendo para que o assunto se espalhasse e que o caos fosse instaurado."[08] Mas "Bonner defende Maju no Twitter após boatos envolvendo marido da apresentadora"[09]. "A ação dos MAVs contra a esposa gerou comoção nacional. As safadezas da agência associada ao marido passaram batidas."[10]

Em setembro de 2014, o Ministério Público Federal processou a jornalista Rachel Sheherazade usando a versão da MAV das palavras dela, em vez do que a jornalista realmente disse, para transformar um adolescente bandido em adolescente honesto[11]. Mas não dissemos nada, porque a jornalista era do SBT.

No dia 08, "MST invade sede de afiliada da Rede Globo em Goiás"[12]. Mas sabíamos que no dia 13, muita gente ia dizer algumas coisas. No dia 12, já dissemos algumas[13].

NOTAS

[01] "Brasil é 'país mais mortal das Américas' para jornalistas, diz ONG", G1, 12/02/2014, http://g1.globo.com/mundo/noticia/2014/02/brasil-e-pais-mais-mortal-das-americas-para-jornalistas-diz-ong.html, reproduzindo matéria da BBC Brasil em http://www.bbc.com/portuguese/noticias/2014/02/140212_jornalistas_brasil_df_dg.

[02] "Prédio da editora Abril é pichado durante protesto contra revista 'Veja'", G1, 25/10/2014, http://g1.globo.com/politica/eleicoes/2014/noticia/2014/10/predio-da-editora-abril-e-pichado-em-protesto-contra-revista-veja.html.

[03] "Ataque ao prédio de 'Veja' obrigou 'JN' a se posicionar", Jeff Benício, Propaganda É a Arma do Negócio, 26/10/2014, http://noticias.terra.com.br/eleicoes/propagandaearma/blog/2014/10/26/ataque-ao-predio-de-veja-obrigou-jn-a-se-posicionar.

[04] "William Bonner comenta injúrias raciais contra Maju Coutinho no 'Jornal Nacional'", Extra, publicado em 03/07/15, atualizado em 22/09/15, http://extra.globo.com/tv-e-lazer/william-bonner-comenta-injurias-raciais-contra-maju-coutinho-no-jornal-nacional-16660126.html.

[05] "Marido de Maju está envolvido na Lava-Jato, diz texto falso", Boatos.org, 05/07/2015, http://www.boatos.org/celebridades/marido-de-maju-esta-envolvido-na-lava-jato-diz-texto-falso.html.

[06] "Marido de Maju está envolvido em Lava-a-jato : Ataque MAV?", Verdade Absoluta, 05/07/15, http://www.verdadeabsoluta.com/2015/07/marido-de-maju-esta-envolvido-em-lava-a-jato-ataque-mav.html.

[07] "Identificado autor de comentários racistas contra Maju", Verdade Absoluta, 08/07/15, http://www.verdadeabsoluta.com/2015/07/identificado-autor-de-comentarios-racistas-contra-maju.html.

[08] "Racismo contra Maju era disfarce sobre operação Lava Jato?", E-farsas.com, 06/07/2015, http://www.e-farsas.com/racismo-contra-maju-era-disfarce-sobre-operacao-lava-jato.html.

[09] "Bonner defende Maju no Twitter após boatos envolvendo marido da apresentadora", Extra, publicado em 05/07/15, atualizado em 01/10/15, http://extra.globo.com/noticias/brasil/bonner-defende-maju-no-twitter-apos-boatos-envolvendo-marido-da-apresentadora-16670441.html.

[10] Hueriza Redes, 5 de julho de 2015, https://www.facebook.com/permalink.php?id=436990403146096&story_fbid=459341427577660.

[11] "SBT é processado por declaração de Rachel Sheherazade sobre 'justiceiros'", Veja, 24/09/2014, http://veja.abril.com.br/noticia/entretenimento/ministerio-publico-entra-com-acao-contra-sbt-por-apoio-de-rachel-sheherazade-a-justiceiros.

[12] "MST invade sede de afiliada da Rede Globo em Goiás", Brasil 24/7, 08/03/2016, http://www.brasil247.com/pt/247/goias247/220261/MST-invade-sede-de-afiliada-da-Rede-Globo-em-Goi%C3%A1s.htm.

[13] "Para tentar se safar, Lula e o PT ressuscitam o fantasma da Globo. Emissora reage com dureza e precisão", Reinaldo Azevedo, 13/03/2016, http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/para-tentar-se-safar-lula-e-o-pt-ressuscitam-o-fantasma-da-globo-emissora-reage-com-dureza-e-precisao.

Os textos deste blogue também estão, alguns com fotos, vídeos e desenhos de putaria, em http://avezdoshomens.blogspot.com.br/search/label/jornal-dos-homens-que-prestam

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

E se Dilma cair?

Abigail Pereira Aranha

A campanha pelo impeachment de Dilma Rousseff e a campanha por Jair Bolsonaro para a eleição presidencial de 2018 são frutos dos mesmos quatro erros: a confusão do PT com a esquerda, de governo com Poder Executivo, de política com campanha eleitoral e de fracasso de um grupo da esquerda com vitória da direita como um todo. O Brasil teve protestos populares contra o PT com centenas de milhares de pessoas em dezenas de cidades? Foi ótimo! Mas e então? Não, o negócio não é conseguir uma vitória pontual e depois "vamos ver o que a gente faz". Por que a esquerda avança? A própria União Soviética não nasceu de uma simples agitação pra derrubar um czar na Rússia. Aconteceram congressos internacionais por décadas antes. Já existiam livros com as ideias socialistas e comunistas. Até gente de dentro do movimento socialista que já sabia a porcaria que isso ia dar com décadas de antecedência já existia. Quando os conservadores enxergam a cara de um movimento de esquerda, já existe uma preparação por trás e o caminho é só pra frente (pros esquerdistas).

Bom, vou repetir uma coisa que eu disse em 12 de outubro de 2015:

Os que tiraram a direita brasileira da invisibilidade foram, em ordem cronológica:

1) Olavo de Carvalho,

2) Nessahan Alita,

3) Silvio Koerich e a Real.

Alguns de vocês direitistas discordam de algum dos três, mas quem discorda mais da direita cristã do que eu, que sou uma ateia anarquista contra a castidade? Mas tenho uma coisa pior: os três não se anunciaram como direitistas. O primeiro fez um trabalho contra a esquerda, o segundo fez um trabalho contra o lado obscuro das mulheres (cujo incentivo é o Feminismo em si mesmo), os terceiros fizeram um trabalho contra o Feminismo. Os trabalhos que eles fizeram, por serem contra a esquerda ou o Lesbonazismo, atraíram INCLUSIVE A VERDADEIRA DIREITA.

Para mostrar o que eu estou dizendo:

1) A ÚNICA matéria da revista Época sobre masculinismo citou levemente Paul Elam do A Voice for Men e Aldir Gracindo do A Voice for Men Brasil para associá-los com a REAL.

2) A ÚNICA matéria da revista Fórum sobre antifeminismo foi para falar dos SANCTOS, que foram criados para difamar a REAL.

3) A ÚNICA referência do portal G1 ao antifeminismo foi a matéria mundo cão sobre a prisão do Emerson Eduardo Rodrigues, que se anuncia hoje como O VERDADEIRO NESSAHAN ALITA, mas que já tinha sido descoberto como tal em 2011, daí criaram o falso SILVIO KOERICH. Mesmo a revista Veja não faz mais do que assassinato de reputação, ligando o Emerson ao Marcelo Valle Silveira Melo.

4) A ÚNICA referência da Folha de São Paulo ao antifeminismo até meados do ano passado foi o print screen de um grupo fake no Orkut pregando a morte do Jean Wyllys, indicando como "blogs da Real" o silviofalsificado ponto com e o Contrafeminismo com o endereço escrito errado.

5) Muitos manifestantes anti-PT se conheceram compartilhando postagens e artigos do Olavo de Carvalho no Facebook.

6) Os únicos vídeos ou postagens com mais de mil acessos de muitos canais do Youtube e blogues são os que "desmascaram" a Real ou Olavo de Carvalho.

7) Temos subcelebridades como Fábio Ostermann, do Movimento Brasil Livre, que, depois de um movimento popular por causa do qual surgiu o MBL, não vice-versa, VIVE de falar mal do Olavo e dos holofotes que conseguiu da mídia.

Vamos tirar tudo isso, o que sobra?

1) Grupos como Instituto Mises Brasil ou Instituto Millenium, que soam como conversa de burgueses de terceira geração.

2) Partidos que até tiraram o "liberal" do nome, como o ex-PFL e o ex-PL.

3) NENHUM jornal ou revista.

4) NENHUM programa de rádio ou televisão.

5) NENHUMA igreja defendendo a direita, mas professores esquerdistas em faculdades católicas e presbiterianas.

6) NENHUMA empresa com frases como "defendemos o livre mercado" nos rótulos dos produtos ou nas fachadas, mas MUITAS com selos de ONG's ou frases tipo "cuidamos do meio ambiente".

(https://www.facebook.com/abigail.pereira.aranha.91/posts/704994849632059)

Mas vá lá, vamos supor Dilma saia da presidência da República este trimestre. Vamos pular a parte de quem vai assumir o lugar dela, vamos até supor que Jair Bolsonaro seja o nosso presidente em 2019. Sim, as pessoas razoáveis no meio direitista-conservador brasileiro não acreditam que a tirada de Dilma Rousseff e do PT dos três poderes vai resolver todos os problemas do Brasil no ano seguinte. O grande problema é que um processo de recuperação não existe, pelo menos não com a direita cristã. Por exemplo:

1) O Ultraliberalismo, chamado erradamente de Anarcocapitalismo, nunca vai ter chance na política e vai continuar sendo comido como um cookie por qualquer vlogueiro de raciocínio razoável que saiba o que ele é em linhas gerais. Quem pensa que as empresas privadas livres construirão o Paraíso, mas é censurado pela empresa privada Facebook por criticar o esquerdismo ou não percebeu que o Petrolão foi um negócio de empresas privadas COM um partido de esquerda, nunca mais será visto como quem dialoga com a realidade.

2) Para termos uma ideia da nossa iniciativa privada, a matéria "O que o caso do bar Quitandinha ensina sobre redes sociais", publicada na revista Exame[1], ensina que uma boa marca "dialoga com seu público e vê quais são seus valores", mas quando essa marca é alvo de uma calúnia do movimento lesbofeminista, deve aceitá-la bovinamente em vez de desmascarar a lésbica psicótica publicando as provas contrárias no Youtube.

3) Se a Educação Sexual não puder continuar acontecendo nas escolas E fora delas, acontecerá SÓ fora delas E fora da vista dos pais. E se os liberais e os conservadores brasileiros defenderem a censura à pornografia na internet em nível nacional, como acontece no Reino Unido e na Rússia, provarão que não aprenderam nada de quando os censurados no Facebook eram eles mesmos.

Nisso, estou pressupondo que todos os deputados, senadores e vereadores do PT sejam cassados e o partido seja extinto, não apenas que a presidente petista e seus comparsas no Judiciário saiam. Mesmo assim, a esquerda estará melhor do que na década de 1960. Qual a ação do conservadorismo cristão e da direita na cultura, nas universidades e na comunicação de massa, mesmo depois disso? A grosso modo, repetir os mesmos sermões preparados para amedrontar subempregados e afagar egos de velhotes sexualmente frustrados do interior. Na década de 1960, a esquerda parecia na estaca zero. Esperar que ela gaste outros 50 anos para fazer tudo de novo é otimismo. Hoje, se o PT fosse tirado da política, ainda teríamos uma legião de ninfetas fúteis no jornalismo, machorras pseudointelectuais nos corpos docentes das universidades, cavaleiros brancos[2] nas delegacias de polícia, etc. Tirá-los um por um para que eles nunca mais participem da vida política, da vida intelectual-cultural ou do serviço público até a segunda geração vai trazer para o lugar deles, no máximo, alguns puritanos de raciocínio mediano pra bom. O movimento esquerdista continuará existindo no Brasil e poderá provar que o Conservadorismo cristão não passa de uma patacoada caipira que só sobreviveu até o Manifesto Comunista porque nunca teve um adversário à altura que pudesse encontrar um povo alfabetizado em 15 séculos.

A destruição da Petrobras[3], maioria de analfabetos funcionais nas nossas universidades sem perder os últimos lugares no PISA e a irrelevância da USP no contexto mundial, "PIB só recupera nível de 2013 em 2018"[4], a previsão de um em cada cinco novos desempregados no mundo em 2016 e 2017[5], todas as empresas na maior bolsa de valores do Brasil juntas valem menos que o Google, a Apple ou a Microsoft[6]; tudo isso fez a saída de Dilma Rousseff da presidência deixar de ser questão direita versus esquerda para ser o mínimo de uma dívida do Brasil consigo mesmo. Para ganhar respeitabilidade internacional, o Brasil precisa de tal evolução do povo para a classe política, e não o contrário, que nada que se pareça com o PT, ou ainda pior como o PSOL, seja sequer publicável. Essa evolução é cultural, mas, para ela, algumas profissionais do sexo contrárias ao feminismo radical-lésbico e a parte não-LGBT-feminista do meio ateu-agnóstico podem trazer mais inteligência ao debate público do que toda a produção "libertarian" conservadora cristã. Nós temos 13 anos de um partido esquerdista no Poder Executivo porque não existe uma opção aparente para substituí-lo que não seja pelo menos de centro-esquerda. Sem Dilma Rousseff e com uma extrema-esquerda que só precisa das próprias atrocidades para ser cada vez mais desacreditada inclusive por outros esquerdistas, a direita e o Conservadorismo cristão vão ser obrigados a perceber que estão mortos como ideias intelectualmente dignas de nota.

NOTAS

[1] Exame, 17 de fevereiro de 2016, http://exame.abril.com.br/pme/noticias/o-que-o-caso-do-bar-quitandinha-ensina-sobre-redes-sociais

[2] "Cavaleiro branco" é um homem disposto a salvar uma mulher de qualquer sandice que ela faça apenas porque ela é mulher.

[3] "Uber já vale mais que Petrobras e Vale somadas", Lauro Jardim, citado por Fábio Campana, 23 de dezembro de 2015, em http://www.fabiocampana.com.br/2015/12/uber-ja-vale-mais-que-petrobras-e-vale-somadas

[4] Estadão Economia & Negócios, 28 de agosto de 2015, http://economia.estadao.com.br/noticias/geral,pib-so-recupera-nivel-de-2013-em-2018,1752716. Os dados do relatório Focus do Banco Central, citados na reportagem, são de recessão de 2,06% em 2015 e de 0,24% em 2016 e crescimento de 1,50% em 2017. Já tivemos previsões, depois, de -3,7% para 2015, -3,5% em 2016 e 0 em 2017.

[5] "Brasil pode ter quase 1 em cada 5 novos desempregados do mundo em 2017, diz OIT", BBC Brasil, 19 de janeiro de 2016, http://www.bbc.com/portuguese/noticias/2016/01/160119_brasil_desemprego_oit_fd

[6] "Google, Apple e Microsoft valem mais que todas as empresas da BOVESPA", UOL Economia, 03 de fevereiro de 2016, http://economia.uol.com.br/noticias/redacao/2016/02/03/google-apple-e-microsoft-valem-mais-que-todas-as-empresas-da-bovespa.htm

Os textos deste blogue também estão, alguns com fotos, vídeos e desenhos de putaria, em http://avezdoshomens.blogspot.com.br/search/label/jornal-dos-homens-que-prestam